sexta-feira, 16 de julho de 2010

Pais e Filhos.

Era um dia como outro qualquer, mas algo me tirava o sono durante a noite, me revirava, nao encontrava posição na cama, muitos pensamentos vinham à tona e o principal era porque eu tomava certas atitudes na minha vida. Nós seres humanos somos como máquinas de xerox que não desligam, e as primeiras pessoas a quem copiamos são nossos pais ou quem quer que tenham nos criado. Copiamos tudo, todas as atitudes, aprendemos a conhecer cada movimento que nossos pais fariam em cada situação, tudo passa a ser premeditado, mas uma coisa me intrigava ainda mais naquela noite, e a pergunta era: Se somos assim, cópias por natureza, onde estará nossa decisão própria? Me imaginei então numa situação onde deveria decidir entre ir a uma festa ou ficar em casa, naquele momento passou pela minha cabeça a imagem do meu Pai aceitando, indo à festa, e se enxendo depois de alguns minutos, louco de vontade de voltar pra casa e ligar a TV. E ao mesmo tempo passou também o filme da minha tia (que considero minha mãe) indo à festa, socializando e passando a tarde com os amigos. Nesse momento criava-se um paradoxo na minha mente, e eu me perguntaria, qual seria a atitude que deveria tomar nessa situação? Talvez pendesse mais para o lado do meu pai nessa escolha, se eu não parasse para me perguntar qual atitude EU tomaria, seria como o piloto automático, iria pela escolha da miha referência masculina. Mas decidi mudar, pensei comigo, ora...to sem nada pra fazer, vou fazer nada com meus amigos... e naquele momento optei pela minha Tia, mas no meio da festa senti vontade de voltar pra casa e ligar a tv ou o computador, mas decidi ter uma opinião que me correspondesse outra vez.... decidi ir pra casa de um amigo que nao via há tempos e tocar um pouco de violão. Bom... falei tudo isso apenas para ilustrar que por mais que a gente ache que temos uma personalidade formada e tudo mais, as vezes nao percebemos que somos cópias dos nossos pais, e muitas vezes essas atitudes podem nos boicotar, e muito. Afinal a busca é pela nosa própria personalidade, individualidade, quem eu sou afinal? não é mesmo?? Hoje sinto-me feliz de saber que tenho minhas própias escolhas, e não escuto os sonoros "Você está agindo igual seu pai" que em muitas vezes me machucavam muito, afinal eu sou eu e ele é ele, não que eu não queira parecer com ele, mas é que podemos sim e temos a chance em nossas mãos de nos melhorarmos. Bom é isso gente, hoje nao escrevi uma poesia, nem uma letra de música, mas espero que isso possa ajudar voces de alguma forma.... Nossas escolhas são o que temos de mais precioso em nossa vida, porque são elas que escrevem o nosso amanhã. Beijo Grande. Max.

37 comentários:

Bruna disse...

Noossa muito legal o que vc escreveu, porque as vezes as pessoas nem param pra pensar "Quem eu sou?" e as vezes acabam fazendo coisas que nao sao de sua personalidade.Fazem porque os pais fariam tal coisa se estivesse em tal situaçao.Muito legal mesmo pois parei pra pensar.
Beijao,Bruuhgd

Mari_ry disse...

SABIAS PALAVRAS, COMO DIZIA FERNANDO PESSOA " Tenho em mim todos os sonhos do mundo. "

BJUSSS

Laís disse...

Nossa, tudo que realmente acontece um dia vc descreveu. Sim, somos cópias de nossos pais querendo ou não, sempre seremos! Adorei o texto Max, Beijão Laís Canton

Ludmila F. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ludmila F. disse...

Temos nossos superiores como um espelho onde já me deparei várias vezes com a minha mãe refletida. Essas pessoas podem ter defeitos que nem elas mesmas conseguem enxergar e precisam de 'alguém de fora' para perceber isso. A atual história pode continuar sendo escrita como a anterior e cometer os mesmos atos ou então, consertando os erros podendo chegar a um final diferente. Justo. =)

Adoro seus textos.

Beijo!

Flávia disse...

Sei lá, sou mais coração do que razão.
Amo ouvir : Você é igual sua mãe, ou seu pai.
As vezes é dificil, complicado, temos escolhas.
Minhas vontades nem sempre são as melhores decisões.... ai que entra um negocio chamado "Familia". Acho que por isso ninguem me entende... desculpa pelo desabafo, momentos dificieis ;/
Sucesso p vocês, o show de Araçatuba foi animal

Margarut/ SP disse...

Reflexão profunda! Mais uma vez você foi muito feliz na escolha das palavras do seu texto! Você não tem idéia de como me ajudou porque tenho pensado muito nas minhas escolhas atuais...se condizem ou não com "quem eu sou"...enfim..."E porquê não?" vivê-las né? Ah...fiquei feliz por saber que você também tem uma tia a quem considera como mãe, como eu! Beijos Querido!

○ Juliana disse...

Bom, acho que isso que você falou é uma SUPER verdade.
Algumas vezes, ou melhor, a maioria das vezes somos cópias idênticas de nossos pais, e sabe por quê?
Porque em certas situações percebemos que aquela atitude tomada por eles, foi o que a que fez dar certo... Ai quando nos deparamos com uma situação igual, por impulso acabamos fazendo a mesma coisa que eles.
Deve ser por medo de tentar algo novo e não dar certo, ou porque é realmente AUTOMATICO!
Eu quase sempre fico pensando nisso, eu admiro meus pais, mas quero ter minha PROPRIA personalidade, quero ser mais eu. Podemos nos espelhar nos outros, mesmo que não sejam nossos pais, mas temos que colocar em cada atitude um pouco de NÓS.
Poxa Max, é ótimo saber que depois de toda essa fama que você ganhou você continua igual a antes e é LOGICO mais maduro!
Beijos Juliana Freire ;*

[+] Maiara disse...

Meu BB vs é um verdadeiro poetaa; Queria saber escrever assim como vs! Te amoooo

Layah disse...

Eu ja me perguntei esse famoso "quem sou eu afinal?", em varias situações distintas. É dificil e complicado encontrar sua rpópria identidade e acho legal um texto sobre isso porque é um tema atemporal e universal. Você pode ter 15 anos e se perguntar isso, pode ter 40 e se perguntar isso. As pessoas associam essa "duvda" com a adlolescencia, mas acho que ela vale para qualquer momento da vida.

Adoro as coisas que você escreve Max ^^
beijooo

Bruna Landim disse...

Max, isso que vc escreveu é a mais pura realidade...Devemos sim ter como referência nossos pais, mas temos que ter é lógico nossa própria opinião e ter nossas próprias atitudes, acertando ou errando só assim vamos aprender... Ionice, mãe da Bruninha que foi ao seu Show no Playcenter e tirou uma foto com vc no final. Segue ela no twitter pra vcs conversarem...ela tem só 8 anos e faz aniversário segunda que vem dia 26/07 e seria muito legal se ela conseguisse falar com vc pois, depois daquele dia ela ficou ainda mais apaixonada por vcs. O twitter dela é brulandim. Fiquem com Deus e que Ele ilumine sempre o caminho de vcs nessa trajetória que está apenas começando.Muito sucesso e continuem sendo esses meninos tão simpáticos e agradáveis que vcs são. Um beijão da Bruninha pra vc em especial, e um para os meninos da Banda. Beijão!!!

Mariana disse...

adoorei seu blog e esse post sobre pais e filhos.. otimooo! beeijO

JaQuE disse...

Amei aseu blog :B

Laís disse...

São as ESCOLHAS que nós fazemos que ditam a vida que nós LEVAMOS.

Muito bom Max

#NαiиαMαǥαlhæs disse...

demorei um poquinho pra ler... mas valeu a pena.. muito lindo oqe voce escreveu.. é algumas verdades... si der de uma olhada em alguns dos meus XD ok.. beejos e abraço XD

larissa disse...

nossa muito legal o ki vc escreveu ameii

mas tudo o ki vc escreveu é verdade
as pessoas falam pra eu me espelhar na minha mãe mas eu axo isso super errado

bjãO
*-*

Thaylon disse...

adoreei o texto..me segui no twitter, eu jah sigo vc...@ThaylonRestart ...abraçoos

Fabricia loenert disse...

Lindo o que você escreveu,claro que devemos fazer direito nossas escolhas para que mais tarde não nos arrependemos.

Clarissa disse...

Você me fez lembrar de uma coisa que a minha mãe disse para mim ontem, depois que eu arrumei a casa: "nesse e em outros atos, você herdou isso de seu pai. Guarda tudo bonitinho e deixa a casa impecável" Sei lá... Talvez, por eu ter meu pai como um certo exemplo de vida que quero para mim, eu tenha conseguido ser uma xerox dele por completo. Mas também quero ter minha própria personalidade, minha individualidade. Mas é quase "impossível" não ter algo que lembra os seus pais ou aqueles que te criaram, mas é sempre satisfatório pra nós mesmos procurarmos a nossa "personalidade". =)
Perfeito seu post! *-*

Beeijos. ;*

hellen_eletronic's disse...

Muito înteressante o que vc escreveu, gostei muito.Eu mesma pensava que eu era e seria como a minha mãe e talz, não significa o que elá é hoje não é bom, mas como vc disse podemos ir mas londe, tudo bem que somos cópias dos pais mas podemos sempre progredir.
Beijos e boa sorte na sua carreira.
Twitter - @hellennorbyatto

Jéssica disse...

A mais pura verdade sobre pais e filhos! *-*

Eduardo disse...

Very cO.ol! Congrats!

Eduardo disse...

A maior parte de suas palavras são compatíveis com minha visão real do ser humano. Fora a parte de que somos "xerocadoras".

Penso isso: cada pessoa absorve da projeção externa o que internamente identifica-se com a base das próprias emoções.

Essa base é um molde duro, que já nasce conosco e, com o tempo, pode ser modificado.

Se recebemos ou não, influência dos pais, isso será apenas fator do poder de nossas escolhas, conscientes ou não.

Adorei sua postagem. Espero que meu comentário esteja à altura.

Cristiane Santos disse...

É, esse é o tipo de texto que nos desperta pra uma reflexão (principalmente nós jovens). Tenho certeza que a partir de agora todos que leram vão pensar muito antes de tomar decisões, para terem certeza que são "decisões próprias". Obrigada pelos textos perfeitos Max

MiSs MAndààh *__* disse...

Oi! Adorei seu blog!<3
Dah um olhadinha no meu![e segue!
*__*] http://missmandah.blogspot.com/ PLEASEEE ! <3 =)

SuhH disse...

-Posso dizer...que perfeito...vc disse completamente toda a verdade...td que realmente acontece...td o que é a realidade...Muito bom mesmo...

Grazielly Martins disse...

ah como voce é fofo, te doluuuuuuuuuuuuuuu

biancahiromi disse...

Dizem tanto sobre escolhas dificeis , q fazemos e teremos de fazer , mas vc conseguiu coloca-las nesse texto , não sei como , mas foi mt inspirado ...adorei
Bjo grande
@biahiromi

jessica smile disse...

quando eu estava lendo o que vc postou lembrei de uma musica com que me identifico "Não quero mais saber , o que eles vão dizer
Sobre o que eu vou fazer ou sobre o que eu não vou ser"...Se é pra eu tentar ser alguém bem melhor
Deixa eu tentar ser quem eu sou
Ganhar ou perder tanto faz
Não me importa
Eu quero é mais ser quem ....

. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
talitinha disse...

Você me fez pensar no que eu estava passando há alguns anos atrás. "Você está agindo igual a sua mãe, você está agindo como a sua tia..." Isso é muito ruim,pois você não se enxerga como tem que que ser.Muitas pessoas cobram isso de você.A vida cobra isso de você. Será que eu vou ter que viver de cópia por toda a vida? ou posso pensar nos meus atos e fazer tudo diferente? É assim que me reconheci e não fui apenas a cópia da familia, Fui Mais uma identidade, Fui simplesmente eu!

MAx Arrasou! Beijos Teequila :***

'.I.x.' disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vanderléa disse...

Adorei seu blog..
Bjux..

sharmilly disse...

UAU... ki lindo.. essa palavras entraram no meu coração de uma forma tão especial que nunca mais vão sair... parabens pelo seu sucesso vc merece tudo que está acontecendo de bom na sua vida, por que se depender de nós sempre será [+] HORI!!! beijãooo! =]

Mylena disse...

Nossa bem interessante o que vc escreveu,por que as vezes as pessoas não se dão conta que precisão ter sua própria personalidade e ficam pensando o que os pais fariam se estivessem naquela situação e acabam fazendo coisas que não fazem parte de sua personalidade.Legal mesmo o que vc escreveu.
bjooooos...

Bianca disse...

Veja as coisas que você quer como se já fossem suas. Saiba que elas virão até você quando forem necessárias. Então, deixe-as vir. Não se aflija nem se preocupe com elas. Não pense na sua falta delas.'
Pense nelas como suas, como pertences a você, como se já estivessem em sua posse.'

te amo tá.

ps: sou a bia, a menina da tatuagem.

Blog das @dolescentes disse...

Que lindo Max!!!é muito bom o que vc está fazendo,colocando suas experiências em função de ajudar nas escolhas das pessoas.Parabéns pelo texto,está maravilhoso!!!!!!